Europa, Funchal, Ilha da Madeira, Portugal

15 principais atrações turísticas de Funchal

Funchal é a capital vibrante da Madeira, uma ilha subtropical no Oceano Atlântico, a cerca de 960 quilômetros a sudoeste de Lisboa. Emoldurada por um cenário dramático de montanhas imponentes na costa sul da ilha, a cidade se desenvolve sobre uma série de colinas íngremes e terraços achatados, uma paisagem que ajuda a definir o caráter desse destino extraordinário. Funchal tem muito a oferecer ao visitante. Sua riqueza de monumentos históricos varia de conventos queridos e fortes fortes do mar a museus veneráveis ​​e uma catedral que remonta aos primeiros dias da colonização da ilha.

A abundância de flora colorida e exótica da Madeira é aparente nos parques e jardins que animam o tecido urbano da cidade. O mercado diário tenta com frutas e legumes maduros e suculentos e os mais frescos peixes e frutos do mar. Passeie pela Cidade Velha para ter uma visão autêntica do passado antes de pegar um teleférico para ter uma visão deslumbrante da cidade – uma excursão turística verdadeiramente edificante. Mais tarde, dirija-se ao passeio marítimo do porto e maravilhe-se com o crepúsculo do Funchal começar a brilhar como se polvilhado de diamantes.

1 – Jardim Botânico

Cerca de quatro quilômetros a nordeste do centro da cidade do Funchal é uma das maiores atrações turísticas da Ilha da Madeira, o Jardim Botânico. Envolto nas encostas da Quinta do Bom Sucesso, o jardim deslumbra com sua rica e diversificada flora subtropical. Milhares de plantas, árvores e flores indígenas compartilham o terreno com outras espécies exóticas de todo o mundo. Uma mansão que costumava pertencer aos proprietários originais da propriedade é agora o Museu de História Natural, situado perto da entrada. A borda oeste do jardim oferece vistas espetaculares da baía do Funchal, e uma nova maneira de chegar à propriedade é pelo teleférico do Teleférico do Funchal .

2 – Levada Walks

De todas as coisas recreativas para fazer na Madeira, caminhar pelas trilhas da levada é sem dúvida a atividade mais popular. Caminhar pela ilha seguindo esses estreitos canais de irrigação artificial é um dos grandes prazeres oferecidos aos visitantes, e existem dezenas desses canais exclusivos para explorar. As levadas da Madeira transportam água para todos os quatro cantos da ilha, os canais que coletam água da chuva ao longo do ano. Caminhos de manutenção percorrem as levadas, fornecendo uma rede de trilhas cênicas que chegam a partes remotas da ilha. Alguns contornam a costa. Você pode trilhar um caminho sozinho, mas para aproveitar ao máximo uma caminhada, é melhor se inscrever em um passeio a pé guiado. Dessa forma, você desfrutará da companhia de outras pessoas que pensam da mesma forma e se beneficiará da experiência de um local experiente com conhecimento especializado do exterior.

3 – Madeira Story Center

Uma das primeiras coisas a fazer em Funchal é visitar este excelente museu perto do Teleférico do Funchal, que mostra a história e a cultura do arquipélago da Madeira de uma forma envolvente e divertida. As exposições temáticas são organizadas de acordo com os períodos da história das ilhas e os visitantes podem interagir com cada sujeito por meio de som, visão e outras tecnologias multimídia de ponta. Existem até caixas de cheiro especiais que recriam a fragrância de um ambiente específico. Uma loja local oferece uma variedade peculiar de presentes e artefatos feitos localmente.

4 – Teleférico do Funchal

O Teleférico da Madeira é uma das atrações turísticas mais populares do Funchal. Os passageiros são levados em um “vôo” de 15 minutos sobre a capital madeirense e sobem as colinas circundantes. Cabines especialmente projetadas oferecem vistas impressionantes de 360 ​​graus da cidade abaixo, a dramática paisagem montanhosa e um cintilante Oceano Atlântico azul. No ponto mais alto, o teleférico desliza 560 metros acima do nível do mar. Partindo da esplanada perto da Zona Velha, os passageiros podem descer no Jardim Botânico ou seguir em direção ao Jardim Tropical Monte Palace, o destino final. A partir daqui, uma nova maneira de retornar ao centro da cidade é pelo Monte Toboggan.

5 – Museu da Quinta das Cruzes

A Quinta das Cruzes coroa uma subida acentuada atrás do centro da cidade do Funchal. Os jardins verdejantes e exuberantes abrangem um excelente museu instalado em uma mansão que costumava ser a residência familiar do navegador português João Gonçalves Zarco que, juntamente com Tristão Vaz Teixeira, descobriu a Madeira em 1419. O museu exibe obras de arte decorativas que evocam pungentemente o período em que Zarco viveu e fornece uma introdução adequada à história por trás dos primeiros pioneiros da ilha. Uma casa de chá nos jardins paisagísticos oferece aos turistas refeições leves. Os visitantes podem combinar uma excursão à Quinta com uma visita ao próximo Convento de Santa Clara.

6 – Convento de Santa Clara

A uma curta caminhada do Museu da Quinta das Cruzes fica o sereno Convento de Santa Clara. Fundado em 1476, o convento foi ocupado pela última vez por freiras em 1890. Hoje, os visitantes podem percorrer as salas do Coral Superior e Inferior, mobilados com simplicidade, antes de passear pelos elegantes claustros, que davam acesso a capelas e oratórios. A torre sineira do convento é conhecida por sua cúpula em estilo mourisco, decorada com um tabuleiro de xadrez de azulejos azuis, brancos e dourados. Ao lado do convento fica a Igreja de Santa Clara, concluída em 1493 e igualmente celebrada por seu belo e intrincado trabalho de azulejos.

7 – Mercado dos Lavradores

Uma das coisas mais memoráveis ​​a fazer em Funchal é passar uma manhã no colorido e animado mercado dos agricultores. Localizado a leste do Sé, este é o maior mercado da ilha, onde os vendedores ambulantes vendem enormes ramos de flores e uma vasta variedade de frutas e legumes frescos em um belo salão Art Deco. Uma variedade de peixes e frutos do mar desembarcam no mesmo dia, atraindo compradores para o porão – atum e peixe-espada são as compras favoritas. O primeiro andar é uma grande quantidade de pontos de venda independentes especializados em artesanato local, vime e couro. O mercado está mais movimentado nas manhãs de sexta e sábado, quando os agricultores trazem seus produtos das aldeias vizinhas.

8 – Observação de baleias e golfinhos

A posição da Madeira no Oceano Atlântico faz com que seja uma localização privilegiada para observação de baleias e golfinhos. Uma excursão para ver essas belas e majestosas criaturas em seu habitat natural é sempre uma atividade memorável e uma das coisas mais gratificantes para fazer em Funchal. De fato, um cruzeiro de catamarã para observação de golfinhos e baleias do Funchal oferece ótimas oportunidades para observar esses mamíferos brincalhões de perto e combina um dia divertido com um programa educacional e de conscientização ambiental. As operações de observação de baleias e golfinhos da Madeira priorizam o bem-estar dos mamíferos e outras espécies marinhas, são administradas por guias especializados. Os cruzeiros são adequados para todas as idades e são especialmente benéficos para os jovens.

9 – Jardins do Palheiro

Ricos em cores e aromas, os cuidadosamente cuidados Jardins do Palheiro são divididos em vários habitats distintos: O Jardim do Riacho, Jardim Submerso, Jardim das Rosas, Jardim da Senhora e o selvagem e deliberadamente coberto mato Vale do Inferno. Turistas de todo o mundo são atraídos pela surpreendente coleção de flores de Palheiro, exibições que incluem orquídeas e camélias raras e delicadas. Os jardins, criados por um rico nobre em 1801, também são famosos por suas árvores tropicais, abundância de plantas e fauna – mais de 290 espécies diferentes de pássaros foram observadas em torno da propriedade.

10 – A catedral do Funchal

A catedral de Funchal foi consagrada em 1514 e é um edifício religioso em funcionamento. Sua fachada bastante austera esconde um interior rico que apresenta um retábulo dourado do início do século XVI e um santuário ricamente esculpido. Um fabuloso teto de cedro branco com incrustações de marfim aumenta ainda mais a ornamentada madeira gótica. O seu estilo knotwork combina elementos arquitetônicos mouros e europeus e é um dos melhores exemplos do gênero em Portugal.

A catedral continua sendo o foco da sociedade do Funchal e, embora seja de entrada gratuita, os passeios devem ser marcados entre os cultos da igreja.

11- Madeira Film Experience

Seiscentos anos da história fascinante, intrigante e muitas vezes turbulenta da Madeira são trazidos à vida vívida em um filme de animação de 30 minutos que leva os espectadores pelos principais períodos do passado da ilha. Um deleite audiovisual incrivelmente produzido, este mini-documentário conta a luta dos primeiros colonos quando eles enfrentavam revolução, guerra, fome e isolamento. Ele também celebra a determinação singular dos ilhéus em se adaptar a um clima tão severo e difícil, e seu eventual sucesso em transformar um pedaço de terra no Oceano Atlântico no destino idílico que é hoje. Exibido em sessões contínuas com trilha sonora em várias línguas, o filme é uma introdução ideal e adequadamente dramática à Madeira e à sua cultura e povo.

12 – Museu de Arte Sacra

O Museu de Arte Sacra do Funchal desfruta de uma presença imponente no antigo palácio do bispo, um edifício que data de 1600. O rico acervo de pinturas e estátuas raras, livros iluminados e vestimentas bordadas a ouro é organizado cronologicamente entre os séculos XV e XIX em dois andares. As exposições refletem a propensão dos comerciantes madeirenses a gastar lucros gerados com o lucrativo comércio de açúcar da ilha em encomendar obras de arte religiosa para garantir sua salvação na vida após a morte. O palácio em si é de considerável mérito arquitetônico e o museu proporciona uma diversão tranquila e contemplativa.

13 – Cidade Velha

Como o nome indica, a “Cidade Velha” do Funchal é o bairro mais antigo da cidade e é onde estão localizadas algumas das primeiras ruas e edifícios. Uma iniciativa criativa de regeneração urbana viu as portas da Rua Santa Marta e outras estradas próximas pintadas por artistas portugueses e internacionais como parte do projeto Arte Portas Abertas. Os muitos designs diferentes e impressionantes criaram efetivamente uma galeria ao ar livre, onde os turistas podem passear pela área à vontade e admirar essa extraordinária tela urbana.

14 – Monte Toboggan Run

Ernest Hemingway descreveu uma vez a corrida de Monte Toboggan como “emocionante”, tal foi a sensação de espanto do grande escritor depois de ser levado por uma colina íngreme em uma cesta de vime. Originada no século XIX como uma forma rudimentar de transporte público, a tradição continua em que os passageiros sentados em um trenó de madeira montado em corredores de madeira são conduzidos ladeira abaixo por carreiros – dois homens vestidos de branco e usando barqueiros de palha – que usam suas botas com sola de borracha como freio para descida de quatro quilômetros de Monte para o Funchal em 20 minutos.

15 – Jardim Tropical Monte Palace

Facilmente acessível de teleférico a partir do Funchal, o luxuoso Monte Palace Tropical Gardens, de estilo oriental, oferece um descanso tranquilo da agitação do Funchal. Situados a 600 metros acima da cidade, os jardins paisagísticos são frequentados por garças-reais, pavões e cisnes negros, entre outros animais selvagens. Os koi gordos patrulham os lagos cristalinos da propriedade, cujas bordas são decoradas com painéis cênicos Art Deco. Dentro do recinto fica o Museu Monte Palace, que abriga uma das coleções mais abrangentes de escultura do Zimbábue encontrada na Europa. Outra ala é dedicada a uma impressionante exibição de minerais e pedras preciosas.

Bônus: Museu CR7

Imperdível para qualquer fã de futebol e uma peregrinação positiva para os admiradores do futebolista português Cristiano Ronaldo, o Museu CR7 é uma das atrações mais populares do Funchal. Nomeado com o nome de suas iniciais e número da camisa da seleção, o museu é essencialmente um depósito de várias taças, medalhas de vencedor, prêmios de homem do jogo e de jogador do ano e troféus de bota de ouro dos nascidos na Madeira A estrela do futebol se acumulou ao longo de sua brilhante carreira. Cartas de fãs de todo o mundo também fazem parte da exposição, bem como uma exibição de camisas e outros acessórios esportivos ligados ao homem que muitos consideram o maior jogador de futebol do mundo.

Quer conhecer outros posts semelhantes? Veja nossas dicas abaixo

Este artigo te inspirou para começar a planejar uma viagem para Funchal?  Entre em contato com nossos consultores e faça sua cotação! ah… Não esqueça de comentar e compartilhar este artigo com seus amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *