Europa, Portugal

25 melhores coisas para fazer em Portugal

Visitar Portugal é uma ótima opção, especialmente se você gosta de tudo relacionado ao transporte marítimo, pois Portugal se estende por 800 quilômetros ao longo da costa do Oceano Atlântico. Lisboa é sua capital, que fica na entrada do majestoso rio Tejo.

Grande parte do país é uma mistura de paisagem acidentada e cênica, juntamente com trechos ondulados da paisagem mediterrânea. Como fica ao longo da costa, você encontrará aqui algumas belas praias, além de enseadas, aldeias e uma próspera cena cultural em Lisboa.

Portugal também tem uma série de ilhas na costa para você aproveitar, como a Madeira, que é conhecida como Ilha do Jardim, graças à sua vegetação exuberante, ou ao arquipélago dos Açores, isolado e sereno. Onde quer que você escolha ir, Portugal certamente não decepcionará e você ficará surpreso com o quanto você pode ganhar quando visitar este país pequeno, mas emocionante.

Aqui estão as melhores coisas para fazer em Portugal:

1 – Visite o Mosteiro dos Jerónimos

Localizado em Lisboa, o Mosteiro dos Jerónimos é um dos edifícios mais importantes de todo o país. A igreja e o mosteiro adjacente são construídos no estilo manuelino e grande parte do interior é ornamentada, principalmente a seção conhecida como Portal do Sul. Há também claustros graciosos e você também encontrará monumentos aqui, como a tumba de Vasco da Gama e o famoso poeta português Luis de Camões.

2 – Maravilhe-se no Oceanário de Lisboa

O oceanário em Lisboa é um dos melhores lugares para se visitar a cidade se você estiver viajando com crianças e se dedica a educar-las sobre a conservação marinha. O aquário tem muita variedade de criaturas, e você encontrará quatro ecossistemas separados, divididos geograficamente para representar os oceanos Antártico, Atlântico, Pacífico e índico. Apenas algumas das criaturas que você encontrará aqui incluem tubarões, raias, lontras marinhas e pinguins.

3 – Visite o Palácio Nacional de Sintra

O Palácio Nacional de Sintra fica na sua cênica praça central e você o conhecerá assim que vê-lo, graças às enormes chaminés redondas que brotam do topo. O palácio data do século XIV e tem a fama de ser o palácio mais antigo que ainda se encontra em Portugal. Possui vários pisos decorados, cada um com um tema diferente e uma das características mais marcantes é a Sala dos Brasoes, que é o salão principal com uma cúpula brilhante.

4 – Tome banhos de sol na praia de Matosinhos

A praia de Matosinhos fica ao norte do Porto e é composta por uma longa faixa de areia dourada, ladeada por um passeio. Os moradores se reúnem aqui, especialmente nos meses de verão, e você encontrará salva-vidas de plantão, o que significa que esta é uma boa escolha para famílias com crianças pequenas que podem tomar banho aqui com tranquilidade. As atividades na praia incluem futebol e vôlei e você também encontrará muitas oportunidades para esportes aquáticos.

5 – Suba a Torre de Belém

Localizada no bairro de Belém, em Lisboa, esta torre icônica foi construída em 1521. O objetivo da fortificação era proteger-se contra uma invasão pelo rio Tejo e o edifício é considerado uma classe de mestre em como construir uma fortaleza de sucesso. A torre foi projetada no estilo manuelino e é coberta com uma fachada pitoresca. Certifique-se de não perder os toques marítimos esculpidos na pedra, como cordas e uma esfera armilar. É também um Patrimônio Mundial da UNESCO que diz tudo o que você precisa saber sobre sua beleza.

6 – Ande de canoa no lago Furnas

Um dos principais pontos dos Açores é o Lago das Furnas, um lago da cratera conhecido pelas suas águas azuis tingidas de verde que se assemelham a colinas cobertas por vulcões de lama e fontes termais. Se você gosta de paisagens vulcânicas sombrias, isso não deve ser desperdiçado e você pode fazer caminhadas pelas caldeiras ou ir às águas e praticar canoagem, o que permite que você chegue perto das incríveis águas multicoloridas.

7 – Aproveite o Convento do Cristo

O Convento do Cristo está localizado em Tomar, uma pequena cidade à beira-rio. Foi fundada em 1160 e foi usada pela Ordem dos Cavaleiros dos Templários, razão pela qual você notará toques maçônicos na decoração aqui. No centro do convento está a Charola, que é a igreja original e está coberta de símbolos de Cristo. Outra área de assinatura do convento é a janela manuelina, projetada por um dos escultores mais famosos de Portugal.

8 – Tour Bom Jesus do Monte

Diz-se que o Bom Jesus do Monte é o maior de todos os edifícios religiosos de Portugal e fica numa encosta no meio de florestas exuberantes. há seis quilômetros de Braga e ainda é um ponto de peregrinação para os devotos de todo o país. É composta por uma grande escadaria e a igreja de Bom Jesus, e você encontrará uma variedade de capelas menores, além de fontes e cenas esculpidas da Bíblia. Aqui, os peregrinos sobem a longa escadaria de granito que se estende por 116 metros e leva você pelas 14 estações da cruz.

9 – Visite a Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra data de 1290 e é um Patrimônio Mundial da UNESCO (um dos muitos em todo o país). Você pode visitar diferentes seções do edifício, como a praça central conhecida como Paço das Escolas e as asas Alta e Sofia, que também costumavam fazer parte da residência real. Os visitantes também não devem perder a Biblioteca Joanina, uma linda biblioteca decorada em estilo luxuoso e construída em 1717. Surpreendentemente, você pode até subir a torre do relógio aqui, que data do século XVIII.

10 – Maravilhe-se com as coleções do Museu Calouste Gulbenkian

Um dos museus mais famosos de Lisboa é o Museu Calouste Gulbenkian, que possui 6.000 artefatos que pertenciam a Calouste Sarkis Gulbenkian, um cidadão armênio que vive em Portugal e doou sua coleção de arte para o museu antes de morrer. Como resultado, você pode esperar encontrar uma coleção incrível que o levará 4.000 anos e abrange todos os tipos de peças, como arte oriental, clássica e européia. Algumas peças notáveis ​​incluem medalhões romanos, pinturas de Rembrandt e Turner e móveis que teriam pertencido a Luís XV e XVI.

11 – Explore o Castelo de Guimarães

Castelo de Guimarães tem a fama de ser o local onde nasceu o primeiro monarca de Portugal, Dom Afonso Henriques. Teria sido a capital de Portucale, o nome antigo de Portugal e é outro Patrimônio Mundial da UNESCO no país. O castelo data do século 10 e foi ligeiramente modificado ao longo dos anos. Embora grande parte da estrutura seja como teria sido, ainda é possível ver o local onde Dom Afonso foi batizado na Capela de São Miguel e visitar a Torre de Menagem, no centro do complexo.

12 – Pegue um trem pela ponte 25 de abril

Esta grande ponte pênsil é um dos pontos turísticos mais reconhecidos de Lisboa e oferece as melhores vistas da cidade. Ao contrário de outras pontes suspensas, não há passagem para pedestres aqui, mas você pode dirigir ou pegar um trem e apreciar o rio Tejo que se estende sob você. A ponte também tem a fama de ter o maior espaço em toda a Europa, então este é um local muito especial para visitar se você estiver em Lisboa.

13 – Suba a Torre de Clérigos

A Torre de Clérigos, no Porto, é uma estrutura icônica em forma de agulha que se eleva a 75 metros sobre a cidade e data do século XVIII. Se você quiser chegar ao topo, precisará subir cerca de 200 degraus e ter uma cabeça para altura. A viagem é mais do que vale a pena, no entanto, apreciar as belas vistas do topo que se estende sobre o Porto e o deslumbrante rio Douro.

14 – Visite o Castelo de São Jorge

Em uma colina em Lisboa, fica o Castelo de São Jorge, que domina o horizonte da cidade e tem vista para o distrito da Baixa. O castelo teria sido construído originalmente no século XII sob o rei Afonso Henriques antes de ser renovado várias vezes. Grande parte do castelo está agora aberta ao público e você pode passear pelas muralhas antigas, bem como apreciar as torres ornamentadas. Um deles, chamado Torre de Ulisses, está equipado com uma câmera que projeta imagens da cidade nas paredes do castelo.

15 – Visite os tesouros arqueológicos de Évora

Situado na província do Alentejo, é Évora, conhecida pela sua história romana depois que os romanos se estabeleceram aqui em 57 aC. Como resultado, você encontrará aqui as ruínas de um templo romano que se acredita ter sido construído entre o segundo e o terceiro séculos. Após a invasão romana, Évora foi recapturada pelos exércitos cristãos, o que explica a presença da Sé, uma catedral consagrada em 1204 e construída nos estilos românico, barroco e gótico.

16 – Admire o Mosteiro Palácio Nacional de Mafra

O Palácio e o Mosteiro Nacional de Mafra data de 1717 e era para ser um mosteiro típico com uma basílica imponente. Devido à riqueza que despejava Portugal na época, o projeto tornou-se mais ambicioso e se tornou um palácio de luxo construído em estilo barroco. Você pode participar de um passeio para visitar o palácio, o mosteiro, a basílica e a igreja adjacente, e você encontrará uma biblioteca aqui forrada com mármore que contém mais de 40.000 livros.

17 – Conheça a Igreja de Santo Antônio e o Museu Municipal

O Museu Municipal de Lagos está repleto de peças arqueológicas da região algarvia de Portugal e uma variedade de objetos culturais, como peças de artesanato, e até um modelo de uma vila algarvia, para que você possa imaginar como seriam as coisas nos dias de hoje. Não deixe de conferir o Mosaico Romano Opus Vermiculatum e a Igreja de Santo Antônio, que está cheia de decorações douradas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

18 – Maravilhe-se no Castelo de Silves

Localizado em Xelb, o Castelo de Silves costumava ser a capital do Algarve mouro. O castelo teria ficado aqui para proteger a região dos intrusos, embora mais tarde tenha sido capturado pelos cruzados. A arquitetura aqui é notável, pois o edifício é feito de arenito vermelho e este também é o local do Festival Medieval, que acontece aqui todo mês de agosto.

19 – Visite o Palácio da Bolsa

O Palácio da Bolsa no Porto é uma parada inesperada no itinerário, pois costumava ser o principal edifício da bolsa de valores da cidade. Datado do século XIX, quando foi construído por comerciantes locais, este é outro Patrimônio Mundial da UNESCO e você pode esperar belas galerias e móveis extravagantes. Uma das principais atrações do palácio é a Sala Árabe, projetada no estilo de Alhambra, na vizinha Granada, na Espanha.

20 – Coma um pouco de bolo em Amarante

Nomeada após um centurião romano, Amarantus, a cidade de Amarante está localizada perto do rio Tamega e da Serra do Marão. Além de uma história ilustre, Amarante é conhecida por seus bolos; portanto, se você gosta de doces, não perca o itinerário. Se você esteve aqui durante a Festa de São Gonçalo, procure os bolos pelos quais Amarante é mais famoso, que tem a forma de falos e foram projetados como parte de um ritual de fertilidade nos tempos pagãos.

21 – Caminhe ao longo do Cabo da Roca

O Cabo da Roca é uma das trilhas costeiras mais famosas de toda a Europa e fica no oeste de Portugal. Faz parte do amplo Parque Natural de Sintra Cascais e é conhecida por suas belas paisagens que o levam ao longo da Costa Atlântica, para que você passe por praias, falésias acidentadas e um elegante farol ao longo do caminho. Outro motivo para caminhar ao longo da trilha é apreciar a flora e a fauna que você encontrará ao longo do caminho e observadores de pássaros interessados ​​em observar uma grande parte da vida das aves aqui para admirar.

22 – Aproveite o bairro da Ribeira

Se você visitar o Porto, não deixe de chegar ao bairro antigo da cidade, também conhecido como Distrito da Ribeira. A área tem vista para o cênico rio Douro e é conhecida por sua cena gastronômica e vida noturna. A estrada principal do distrito da Ribeira chama-se Cais da Ribeira e você encontrará bares, restaurantes, cafés e belos monumentos como fontes. Se você quer se divertir de madrugada, então este é o lugar para fazê-lo, ainda mais se você estiver aqui para o Festival de St. John em 23 de junho, que vê uma grande celebração que envolve foliões batendo na cabeça um do outro usando martelos de brinquedo feitos de plástico.

23 – Parque Natural da Ria Formosa

Criado para proteger o ecossistema único das regiões pantanosas do Algarve, o Parque Natural da Ria Formosa é composto por uma grande lagoa e litoral que se estende por 60 quilômetros. Aqui você encontrará uma variedade de paisagens, como dunas, pântanos, salinas e pequenas enseadas e lagos. Se você gosta de observar pássaros, então vai se deliciar, pois encontrará uma variedade de espécies aqui e existem várias plataformas de observação em todo o parque, onde é possível observar os animais de perto.

24 – Faça uma viagem a Porto Moniz

Porto Moniz se eleva acima do mar e fica no topo de dramáticas falésias vulcânicas, o que significa que possui algumas das melhores vistas de Portugal. É conhecida por suas piscinas cercadas por formações rochosas e outras atrações em Porto Moniz, incluindo o Aquário da Madeira e o Forte João Baptista.

25 – Beba um pouco de vinho em Porto Calem

Datada de 1859, a vinícola Porto Calem é uma das vinícolas mais famosas e queridas da região do Porto em Portugal. Fica na deslumbrante Vila Nova de Gaia, que abraça a margem do rio Duoro e, antigamente, costumava exportar vinho para o Brasil. É administrado pela família Calem há mais de quatro gerações e você pode fazer uma visita guiada e visitar um museu no local antes de descer para as adegas. Para finalizar o passeio, você também pode provar alguns dos vinhos fabricados aqui, que incluem variedades vermelhas e brancas, e você pode até pegar uma garrafa para levar consigo para casa na loja da vinícola.

Gostou das nossas dicas sobre Portugal? Se ficou com vontade de conhecer, entre em contato com nossos consultores e não deixe de comentar!