Asia, Ilhas Maldivas

As 11 melhores coisas para fazer nas Maldivas

As Maldivas tem imagens incríveis de bangalôs sobre a água e praias de tirar o fôlego. No entanto, os visitantes costumam se surpreender ao descobrir que há mais coisas para fazer nas Maldivas do que o que eles esperavam. Há algo para todos. Isso faz das Maldivas um destino muito versátil! Leia para ver quais atividades são populares.

1 – Mergulhe com snorkel na ilha Kuda Huraa, no norte do Malé

As Maldivas são compostas por mais de 1.000 ilhas de coral. Portanto, o mergulho é naturalmente espetacular! Todos os resorts nas Maldivas oferecem essa atividade. No entanto, o ideal é escolher uma ilha com um recife interno, onde você pode praticar snorkeling diretamente da praia (ou de sua vila sobre a água!), Em vez de fazer um passeio de barco previamente combinado.

A qualidade dos recifes varia. Angsana Ihuru, no Atol de Malé do Norte, é considerado por muitos como o melhor recife interno das Maldivas e o você pode chegar ao resort de lancha a partir de Malé. Na mesma área, Fihalhohi Island Resort é excelente.

2 – Mergulhe nos recifes e conheça criaturas marinhas

As Maldivas são consideradas um dos melhores destinos de mergulho do mundo. Você será capaz de se aproximar de várias criaturas marinhas, incluindo tartarugas, raias mantras, moreias e tubarões-baleia raros. Estruturas variadas de recifes e canais profundos oferecem oportunidades emocionantes de mergulho. 

Se você gosta muito de mergulho, a melhor opção é reservar um passeio de barco ao vivo. Estes barcos de cruzeiro de luxo visitam alguns dos recifes mais remotos e permitem explorar lugares fora do alcance de resorts nas Maldivas. O momento ideal para praticar mergulho é de janeiro a abril. No entanto, a maioria dos liveaboards opera de novembro a maio. As principais opções são Carpe Diem Maldives e Maldive Mosaique.

3 – Golfinhos nas Maldivas

As Maldivas não são apenas conhecidas pelo seu snorkeling e mergulho. Também é considerado um dos principais destinos de golfinhos do mundo. Golfinhos estão por toda parte nas Maldivas. Eles são realmente amigáveis e costumam nadar até barcos turísticos. Eles podem até nadar além da sua villa sobre a água!

4 – Aprecie esportes aquáticos

Todos os tipos de esportes aquáticos são possíveis nas Maldivas. Caiaque, remo, jet-ski, esqui aquático, parapente, windsurf, wake-boarding, kitesurf – você escolhe! Muitos resorts oferecem uma seleção dessas atividades gratuitamente.

5 – Pegar uma onda

Você pode até pegar uma onda nas Maldivas! A maioria dos renomados surf breaks estão localizados em torno de Male. A temporada de surf vai de março a outubro, com as maiores ondas de junho a agosto.

O Atoll Adventures oferece pacotes de surf para Cinnamon Dhonveli na Ilha Farukolhufushi no Atol de Malé do Norte, com acesso exclusivo ao surf break de Pasta Point do resort (o intervalo mais consistente da região). O resort possui um programa projetado especialmente para surfistas e um máximo de apenas 30 surfistas é permitido por vez.

Lohis surf break é uma alternativa popular no Atol de Malé do Norte. É nomeado após a Ilha Lohifushi (hoje Hudhuranfushi), que é interrompida. Esta ilha é considerada a principal ilha de surf nas Maldivas. O Adaaran Select Hudhuranfushi foi reconhecido como o principal resort de surf das Maldivas e oferece pacotes especiais de surf. Devido à crescente popularidade, um limite de 45 foi colocado no número de surfistas autorizados a permanecer lá.

Se você quiser escapar da multidão, siga para o sul. Os surf breaks isolados são mais adequados para surfistas intermediários e avançados. Beacons e Tiger Stripes, duas das ondas mais poderosas das Maldivas, estão no Atol Huvadhoo. O Atol de Addu (anteriormente Seolu Atoll) também tem alguns pontos de destaque.

6 – Cruzeiro pelas Maldivas

Não quer gastar todo o seu tempo em um resort nas Maldivas? Os cruzeiros são uma coisa popular a se fazer, com várias opções, desde cruzeiros ao pôr-do-sol em dhonis locais até cruzeiros de iate de luxo mais longos durante a noite e vários dias.

Muitos resorts têm seus próprios barcos, disponíveis para os hóspedes. O Four Seasons Explorer é um desses barcos, que funciona como um resort flutuante. Alternativamente, o Yacht Maldives opera fretamentos particulares. Se você preferir ingressar em um grupo, a G Adventures oferece este cruzeiro Maldivas Dhoni de 7 dias para grupos pequenos, de masculino para masculino. O Airbnb também tem algumas opções para aluguel de barcos.

Além disso, é possível visitar alguns resorts de luxo nas Maldivas em passeios de um dia, como os oferecidos pelo Cruise Maldives. O Cruise Maldives também opera cruzeiros a preços razoáveis.

7 – Male

Male, a capital das Maldivas, é densamente comprimida em uma ilha de cerca de dois quilômetros quadrados. É uma das menores capitais do mundo! Existem mesquitas, museus e mercados. E, o tamanho compacto significa que leva apenas algumas horas para passear.

8 – Island Hop e aldeias locais

Devido a uma mudança na lei, o turismo é agora permitido nas ilhas Maldivas habitadas. Muitos resorts oferecem excursões de barco para essas ilhas e aldeias de pescadores, onde você pode interagir com as comunidades locais e desfrutar de comida local.

E, se você acha que visitar as Maldivas é caro e talvez até inacessível, pense novamente! Os turistas podem ficar nas pensões da vila (algumas das quais são bastante baratas e atraentes) e experimentar a maneira simples de viver local. A maioria fica perto de Male, em ilhas como Hulhumale, Maafushi e Guraidhoo.

Os hóspedes do Shangri-La Villingili Resort and Spa têm a opção de explorar cinco ilhas vizinhas de bicicleta ou a pé.

O Paraíso Secreto na Ilha Hulhumale oferece passeios de meio dia pela ilha, além de atividades como aulas de culinária e refeições com as famílias locais. S&Y Tours e Travel on Male também são recomendados.

09 – Obter uma massagem ou tratamento de spa

Precisa relaxar e rejuvenescer? Possivelmente não há lugar melhor para obter um tratamento de spa do que as Maldivas, com o oceano relaxante como pano de fundo. Muitos resorts nas Maldivas têm spas. No entanto, alguns realmente se destacam por suas configurações incomuns. 

O spa do Huvafen Fushi é o primeiro spa subaquático do mundo, com duas salas de tratamento com paredes de vidro. O Four Seasons Resort Maldives, no spa Kuda Huraa, está situado em sua própria ilha separada, para a qual os hóspedes são transportados de barco. Sua característica marcante é o Night Spa, com quatro rituais lunares especiais na praia. Se você é amante da natureza, não perca o spa do Six Senses Laamu. Suas salas de tratamento em forma de casulo são feitas de galhos e galhos entrelaçados! O Drift Spa em Niyama Private Island Resor t também possui um ambiente deliciosamente íntimo.

10 – Prática de Yoga

Retiros de ioga estão crescendo em popularidade nas Maldivas. O Secret Paradise organiza férias de ioga de sete dias a preços razoáveis, com sessões duas vezes ao dia. Uma variedade de estilos de ioga é praticada.

Alguns resorts também oferecem aulas de ioga em casa, incluindo ioga pela manhã e por do sol na praia, seguida de pranayama e meditação. Kurumba Maldivas, Baros ,  Four Seasons Resort Landaa Giraavaru, COMO Coco Island e Jumeirah Vittaveli são conhecidos por terem aulas de ioga decentes.

11- Apenas relaxe!

Com uma visão como essa, você não pode deixar de passar algum tempo (ou muito tempo) absorvendo o sol em uma rede estrategicamente posicionada. É certo que você não vai querer se mudar!

Este artigo te inspirou para começar a planejar uma viagem para as Maldivas ?  Entre em contato com nossos consultores e faça sua cotação! ah… Não esqueça de comentar e compartilhar este artigo com seus amigos ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *