Africa, Madagascar

As Melhores Coisas Para Ver E Fazer Em Madagascar

Madagascar, um país famoso por lêmures, baobás, observação de pássaros e selvas, oferece aos visitantes um rico playground para explorar. Sua beleza é fascinante. Os desfiladeiros, as grandes cachoeiras e a grande diversidade da paisagem. Um dia você está em uma selva tropical, no próximo você está em uma planície árida e algumas horas depois você está em uma floresta subtropical! Além disso, existem realmente variedades aparentemente intermináveis ​​de lêmures.

1 – Avenida dos Baobás

Os baobás são árvores maciças que podem crescer 30 metros de altura e 10 metros de largura e podem viver até mil anos. Embora existam árvores semelhantes no gênero, os baobás são completamente exclusivos de Madagascar. Eles são uma visão impressionante, especialmente quando o seu guia menciona casualmente que o maciço que você está abraçando é apenas um bebê – com 400 anos. Embora as árvores possam ser encontradas em todo o país, essa estrada ladeada por elas (apenas uma hora fora de Morondava) – e diretamente de um cartão postal – é uma daquelas imagens icônicas de Madagascar. A melhor hora para fotos é durante o nascer ou o pôr do sol.

2 – Tsingy

Este parque perto da costa oeste não é um lugar fácil de visitar. Demora um dia inteiro por tração nas quatro rodas em terrenos muito acidentados para chegar lá. É muito remoto, com poucos turistas. O lado positivo? É um dos sites mais incríveis do país. Água e vento passaram séculos esculpindo o calcário em picos irregulares que parecem uma fileira de facas sem fim; Para se locomover, use pontes de corda, escadas e cabos fixos. A área também tem muito trabalho, e muitas vezes as pessoas fazem uma viagem aqui com um barco lento pelo rio Tsiribihina.

3 – Parque Nacional Isalo

Localizado na parte centro-sul do país e com várias trilhas acidentadas (traga água e um chapéu, pois você fica exposto a maior parte do tempo); falésias, desfiladeiros e fauna abundante, esse parque tipo Westworld irá te surpreender. Era o meu lugar favorito em Madagascar. Existem três cachoeiras nas quais você pode se refrescar após suas caminhadas e uma variedade de espécies de lêmures (elas ficam muito próximas porque são dessensibilizadas para os seres humanos, então observe sua comida!). Você é obrigado a contratar um guia (eles são encontrados na entrada), mas eles são ótimos explicadores da terra e da cultura local. Bônus adicional: o céu limpo e a falta de poluição luminosa contribuem para o pôr do sol incrível e as noites cheias de estrelas.

4 – Nosy Be

Nosy Be é o lugar para visitar as praias de marca registrada de Madagascar. Aqui você encontrará quilômetros de praias de areia branca em um ambiente ocidental mais sofisticado. Existem restaurantes caros, grandes resorts, muitos casais e famílias (geralmente quem visita Madagascar). As festas na praia acontecem todos os domingos, e há incríveis mergulhos com snorkel, mergulho, pesca e observação de baleias. É o paraíso das ilhas tropicais por excelência.

5 – Ilha Sainte Marie

Enquanto todo mundo vai a Nosy Be para as melhores praias e resorts mais chiques, se você quiser algo um pouco mais local, barato e descontraído, confira Île Sainte Marie, na costa leste. Esta antiga capital pirata (o navio do capitão Kidd afundou nas proximidades) é uma ilha legal cheia de pequenas enseadas, um cemitério de piratas, frutos do mar deliciosos e uma atmosfera descontraída do Caribe. As praias não são tão boas quanto Nosy Be, mas há uma bela praia de areia branca no sul da ilha, perto do aeroporto que poucas pessoas visitam. Esta também é a melhor parte do país para observação de baleias. Ao vir aqui, voe. O barco lento está sempre atrasado e não chega nem perto de uma grande cidade do continente. Pegar o barco desperdiça um dia inteiro.

6 – Parque Nacional Ranomafana

Um excelente exemplo de floresta tropical nublada. Este é um dos melhores pontos do país para ver lêmures, pois contém doze espécies. Além dos lêmures, havia os famosos besouros girafas e muitos pássaros, camaleões e outros animais selvagens. Das várias trilhas disponíveis (você também precisa obter um guia aqui), eu faria a caminhada matinal, depois a tarde e a noite na entrada secundária, pois a maioria dos passeios ignora isso e você aproveita mais o parque. você mesmo. (Também há fontes termais na cidade vizinha para relaxar). Devido à popularidade do parque, há um limite diário no número de pessoas que podem visitar, por isso é melhor ir na baixa temporada.

7 – Parque Nacional Andasibe-Mantadia / Ilha Lemur

Localizada entre a capital e a costa leste, essa área é famosa pelo lêmure Indri, que soa como um morcego diabólico que ecoa pela floresta. Nas proximidades também fica a famosa Ilha Lemur, que possui 4 espécies de lêmures que foram resgatados de animais de estimação. Aqui, os lêmures permitem que você se aproxime e seja pessoal, uma vez que foram domesticados, mas também são liberados de volta ao seu habitat natural para serem selvagens novamente. Mas se por algum motivo eles não podem, eles vivem livres no parque.

8 – Toliara

Na costa oeste, esta pequena cidade é famosa pelos expatriados que se mudam para lá, a pizza (é um prato muito popular no país) e por ser uma plataforma de lançamento para excursões de mergulho ao largo da Grande Recife. Não há muito mais o que fazer, exceto sentar na praia ou entrar na água. A viagem até a N7 (a única rodovia norte-sul) também é incrível, pois você pode visitar Ranomafana, Isalo e outros pontos ao longo do caminho!

9 – Antananarivo

A capital de Madagascar é um lugar caótico, sem muito o que fazer, mas é uma boa parada para ver o parque de lêmures e o Rova (o antigo palácio) e conhecer o cenário internacional da cidade.

10 – Sobrecarga no zebu

O zebu é um tipo de vaca com uma grande corcunda nas costas. É mais uma vaca de trabalho, como um boi, e você as verá em todo o país. Eles ainda são usados ​​como dotes em casamentos. É o único tipo de carne no país e esta sempre no cardápio (junto com porções saudáveis ​​de arroz). No entanto, a carne é realmente dura, graças a todo o trabalho que os animais realizam nos campos e, portanto, é melhor em um ensopado ou em um bife.

11 – Ir observação de baleias

Entre junho e novembro, mais de 7.000 baleias jubarte migram da Antártica para Madagascar para procriar. A observação de baleias é uma das melhores do mundo.

12 – Aproveite as longas viagens e vistas

Com as estradas tão ruins, você passa muito tempo dentro de um carro. Como eu disse, leva cerca de oito horas para percorrer 250 km! O lado positivo é que você poderá desfrutar de longas viagens passando por vistas panorâmicas de montanhas e desfiladeiros, florestas tropicais e vales alinhados com arrozais em terraços. Eu queria ler muito, mas muitas vezes me deixavam levar pelas vistas. Madagascar é um país verdadeiramente bonito.

Madagascar tem muito para ver e fazer. Apesar dos anos de degradação ambiental (que continua sendo um problema sério e sério), ainda é possível ver muitas plantas nativas maravilhosas e animais exóticos que são indígenas da terceira maior ilha do mundo. Embora Madagascar seja uma jornada bastante interessante, esses destaques farão uma viagem inesquecível.

Este artigo te inspirou para começar a planejar uma viagem para Madagascar?  Entre em contato com nossos consultores e faça sua cotação! ah… Não esqueça de comentar e compartilhar este artigo com seus amigos ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *